Tirar screenshots facilmente com o ScreenHunter

Aviso importante!

Eu sei que você não quer ver propagandas, porém o conteúdo gratuito só está aqui graças a publicidade. Considere desativar o AdBlock para esse site.

Para nós blogueiros, é muito comum precisar tirar uma screenshot de algum programa ou site, seja para ilustrar um tutorial ou até mesmo para registrar algo que aconteceu em nosso micro. Mas o ruim desta tarefa, é que são necessário muitos passos para que a imagem da tela seja salva de acordo com nossa necessidade.

Geralmente são seguidos os seguinte passos para tirar um printscreen da tela:

  1. Pressionar a tecla PrintScreen;
  2. Abrir um editor de imagens (Paint geralmente);
  3. Colar a imagem;
  4. Salvar o arquivo.

Em busca de uma solução para facilitar meu trabalho diário e reduzir o número de passos necessários, encontrei o ScreenHunter, um pequeno e prático aplicativo que facilita e muito a tarefa de tirar prints de sua tela. Você apenas terá trabalho para configurar o software na primeira vez que usá-lo, o que não é muito complicado, e depois conforme você vai tirando os screenshots, as imagens automaticamente são salvas em uma pasta pré-definida já com suas preferências setadas.

Logo na primeira tela, na opção From temos a configuração temos as definições da tecla de atalho usada para acionar o aplicativo bem como a área da qual será tirada a imagem, podemos escolher entre uma área retangular, a janela ativa ou a tela inteira. Podemos ainda escolher se queremos que apareça o cursor do mouse e se necessário um timer para contar alguns segundos antes de tirar a foto. (clique nas imagens para ampliá-las)

Clicando no botão PS, a tela a seguir é mostrada, e nela podemos definir qual tecla de atalho queremos usar para ativar o aplicativo. Eu configurei o meu para usar a tecla PrintScreen, já que é a tecla que geralmente usamos para esta finalidade.

Próximo passo é configurar a opção To, aqui vamos definir onde queremos salvar os arquivos de imagem, bem como o seu formato e qualidade.

Clicando no botão localizado na parte de baixo da tela, podemos escolher opções relativas à geração de nomes automáticos para os arquivos gerados. Esta opção é muito útil pois configurando-a corretamente não precisamos dar nomes para cada tela fotografada. Entre as opções disponíveis destacamos a opção de colocar um prefixo e uma numeração automática em cada nome.

Na última tela, Advanced, temos algumas configurações como opções para mostrar ou não notificações quando a captura estiver concluída, ou até mesmo tocar um som.

Com certeza o ScreenHunter irá ajudar muito quem trabalha criando artigos e tutoriais, afinal de contas com tanta facilidade, produzir um tutorial como este, leva apenas alguns minutos. Não deixe de testar este software, baixe o seu em versão portabel no link a seguir e bons screens para todos.

Baixar ScreenHunter Portable

Gostou do tutorial? Já conhecia esta ferramenta? Participe deixando seu comentário, sua opinião é importante para nós.

Sobre o autor

Ricardo Bernardi

Sou técnico em hardware e desenvolvedor web, e sobre estes dois assuntos comecei a compartilhar aulas e artigos, tornando-me blogueiro em 2008. Em 2010 esse hobby virou profissão, e desde então tenho buscado melhorar e profissionalizar cada vez mais os projetos que mantenho na web.

Comentários

Atualmente temos 5 comentários para este post. Participe você também, clique aqui e comente sobre o assunto.

Deixe seu comentário